Todos nós homens gostamos de lingerie. É um facto. E não há nenhuma mulher que não aprecie também vestir uma peça deste tipo de vestuário. Mas desde quando a roupa interior feminina provoca desejos sexuais no homem e mulher?

A roupa interior feminina mudou muito ao longo de mais de 100 anos. Passaram de acessórios de vestuário absolutamente normal com o objectivo de tapar as partes íntimas para peças de roupa criada exclusivamente para seduzir e excitar o sexo oposto.

Vamos a um pouco de história sobre este assunto.

Talvez pudéssemos recuar até à Roma antiga onde as mulheres usavam fitas de linho amarradas nos seios. Mas é mesmo no século XVII que se dá a conhecer o termo linge, que vem do francês lin, ou linho. Porém, nesta altura, este termo poderia ser usado para qualquer peça usada para tapar órgãos sexuais como para peças usadas nas camas ou toalhas de banho.

Mas é no século XIX que a lingerie parte para uma nova era. Com a revolução ocorrida no mundo da indústria têxtil, e com a importação de França das rendas e dos bordados, este termo é levado ao extremo e passa a ocupar largo destaque na moda feminina. O espartilho ou corpete, como hoje o apelidamos, foi talvez a primeira peça de lingerie. Pensada para afunilar e dar destaque ao corpo da mulher estilo uma ampulheta., no fundo, acaba por ser uma peça que destaca os seios e as ancas da mulher.

Podemos pensar que a lingerie foi pensada exclusivamente com meio para atingir um fim? Ou seja, peças de roupa criadas para o imaginário sexual masculino? Talvez sim. O que é um facto é que era moda no século XIX produzir-se postais com mulheres seminuas, normalmente prostitutas, que usavam estas peças de roupa bastante sugestivas. Foi também neste século que comeou a realizar-se os espectáculos de strip-tease e de can can, onde bonitas e sedutoras bailarinas exibiam as suas cintas de ligas e corpetes.

Já no século XX a lingerie, em França, tinha dois nomes: o chamado trouseau que era usado por mães de família responsáveis e normalmente boas esposas, e os dessous, com uma forte carga erótica e normalmente usada pelas prostitutas e demais mulheres libertinas.

Ao visitarmos uma loja de sexo online vemos que há uma aposta fortíssima em lingerie sexy. Na indústria dos filmes para adultos, raramente há uma única cena sem mulheres vestidas com as mais belas peças de lingerie sensual. É certo que acabam sempre sem ela, ou quase sempre… Também não se imagina uma cena de um filme porno sem que a mulher calce uns elegantes sapatos de salto alto. São acessórios de vestuário sexy que embelezam o corpo da mulher e definem as suas curvas.

Muitas vezes olhamos para as pernas de uma mulher e não damos atenção. Mas, se a mesma mulher passar por nós na rua no dia a seguir, e usando um belo par de meias de ligas e uns sapatos de salto alto, aí o caso já muda de figura. Há peças de roupa e calçado que parece que foram feitas para excitar, e somente isso.

Um exemplo perfeito são os corpetes. Falo por experiência própria. Fascina-me imenso uma mulher que use um corpete sexy, especialmente numa relação sexual. Há qualquer coisa de sensual, qualquer coisa de mágico nestas peças de vestuário. Vou mais longe. Experimentem fazer sexo e a mulher manter o corpete sempre vestido. Aquela peça de roupa que mostra e esconde uns seios generosos que querem saltar para fora mas estão parcialmente escondidos é uma visão que devemos querer ter, pelo menos uma vez na vida.

Vou ser muito sincero. Por esta altura já repararam que este vosso escriba é completamente tarado por roupa interior feminina sexy, certo? A verdade é que quem inventou este tipo de vestuário estava talvez longe de imaginar a conotação e carga erótica que ela haveria de conter.

As meias também são das peças mais apreciadas pelos amantes da lingerie. Especialmente se a mulher usar uma cinta de ligas. O acto de retirar a cinta de ligas é extremamente sensual e pode dar azo a inúmeras fantasias sexuais. Agarrar numas pernas que usam umas meias brancas ou pretas ( outros há que preferem os vermelhos ou azuis) dá-nos uma sensação de um toque de seda. As pernas dão vontade de ser beijadas e acariciadas assim como tê-las bem junto ao nosso corpo. Em certas posições ( ou quase todas, ahahahah…) as meias excitam-nos bastante. Não me perguntem porquê, mas é a mais pura das verdades. Ou quem sabe, talvez seja o material sedoso deste tipo de vestuário feminino que nos faz excitar. Talvez o nosso cérebro associe a suavidade dos materiais à suavidade do toque na pele de uma mulher. Seja o que for a lingerie acabou por ser uma peça de vestuário que entrou definitivamente no universo erótico e sensual. Torna o corpo da mulher mais bonito e destaca-o.

Agora já sabe, se deseja mesmo comprar lingerie online e apimentar a sua vida sexual, convém dar uma vista de olhos na nossa secção. Aqui encontrará de certeza a tal peça especial para deixar o seu parceiro louco de desejo.