Um dos problemas que mais afecta os homens e a sua sexualidade é sem dúvida a ejaculação precoce. O corpo do homem pura e simplesmente não foi feito para aguentar 20 ou 30 minutos de uma relação sexual sem ejacular.

Em tempos idos, o sexo era quase e meramente uma função reprodutora, ou seja, não havia a preocupação do prazer. Ao longo dos séculos, e com a humanização do ser humano, o homem começou a dedicar mais tempo ao seu prazer e ao da sua parceira. Mas nem todos conseguem aguentar meia hora ou 40 minutos sem ejacular. De facto, a maioria dos homens não aguenta muito mais de 10 minutos, e muitos aguentam mas com grande dificuldade. Factores como o stress, ansiedade, depressão e falta de auto-estima contribuem para a falta de qualidade das erecções e também são campo fértil para a ejaculação precoce.

As sex shop online vendem vários artigos para retardar a ejaculação do homem tais como cremes, potenciadores ou mesmo preservativos especiais com efeito retardante. A causa deste problema é psicológica e não física. Nada na realidade funciona se o problema não for correctamente tratado clinicamente. Trata-se de um processo psicológico que talvez não tenha sido aprendido durante a fase da adolescência.

Muitas vezes penso que o homem deveria ter sido pensado para ejacular, e só, passados 25 minutos após a penetração vaginal. Seria mais justo.

Há muito tempo havia alguns mitos de que os actores porno eram seres super dotados por aguentarem tanto tempo. Bom, a verdade é que mesmo estes actores usam técnicas, ou manhas, para aguentar tanto. Muitos masturbam-se antes de filmarem a cena. Já desde há muitas décadas era aplicada localmente, na veia do pénis, uma injecção que retardava a ejaculação. Muitas cenas são filmadas em vários dias. E hoje em dia, claro, todos os actores tomam medicamentos tais como Viagra, Cialis entre outras marcas de potenciadores sexuais masculinos, alguns até ditos naturais. Todos esses medicamentos actuam também sobre a capacidade de retardar a ejaculação e melhoram imenso as relações sexuais. Lembre-se de que existem também disponíveis as famosas pomadas ou cremes retardantes da ejaculação. São eficazes mas por outro lado retiram sensibilidade no pénis, podendo levar a uma diminuição da erecção e também retiram sensibilidade na vagina da sua parceira.

Mas o melhor retardante para a ejaculação deverá ser mesmo o nosso cérebro.

Uma das técnicas que resulta melhor é, se o homem sentir que vai ejacular, abrandar imenso o ritmo e talvez beijar a mulher ou acariciá-la em vez de se concentrar na penetração. Outra das técnicas pode ser apertar a base do pénis com alguma pressão pois reduz a vontade de ejacular. Para isto pode usar anéis penianos colocando-o na base do pénis. Talvez, porque não, quando sentir aquilo tudo a subir, pura e simplesmente tirar o pénis, isto claro, sem atingir o ponto de não retorno.

Mas uma das coisas que funciona muito bem é sem dúvida a respiração. Quando fazemos sexo não nos preocupamos muito em respirar bem. Estamos sempre ofegantes e não nos preocupamos em descontrair. Inspirar bem fundo devagar, pelo nariz, e depois expirar bem devagar da mesma forma é talvez a melhor maneira de controlar a ejaculação.

Talvez também não seja conveniente uma sessão longa de sexo oral antes da penetração. Quase 100% das mulheres quando faz sexo oral ao companheiro chupa essencialmente a cabeça do pénis, o que o faz ficar demasiado sensível. Portanto, nada aconselhável ficar 10 ou 15 minutos a ser deliciosamente chupado pela sua companheira para depois nem aguentar 2 minutos de penetração vaginal ou anal. E aqui se aplica o mesmo conselho para a masturbação. Nada de muito tempo com a sua companheira a masturbá-lo pois só vai pôr o seu pénis mais sensível. Ainda por cima muitas mulheres fazem uma autêntica massagem peniana o que torna as coisas mais difíceis na hora de aguentar a ejaculação.

Talvez também não seja nada aconselhável começar pelo sexo anal. O ânus é um orifício que não foi feito a pensar no sexo. É um orifício extremamente apertado e que muitas mulheres apertam ainda mais durante essa penetração para dar prazer ao homem ou, para ele acabar o mais rápido possível…

Há muitas posições sexuais que não favorecem o organismo do homem. Devido à nossa genética a posição em que a mulher fica de quatro não é nada aconselhada como primeira posição para quem tem este problema. É uma posição demasiado excitante que deve ser deixada para último. Talvez começar ficando por cima da sua companheira, com muitos beijos e carícias.

Lembre-se que o sexo não é só penetração. Pode fazer imensa coisa com a sua companheira para fugir até à rotina. Já alguma vez se lembrou de fazer uma boa sessão de massagens? Pode ser uma massagem sensual com óleos, ou mesmo uma massagem para descontrair os músculos e quem sabe melhorar até a erecção.

Muitos homens deveriam talvez encarar este problema de um outro prisma. A ejaculação precoce só deve ser tratada clinicamente se, sempre que houver sexo, o homem realmente não aguentar nem 2 minutos depois da penetração. Ora, todos nós sabemos que, se estivermos bastante excitados e sem sexo há alguns dias, as probabilidades de aguentarmos muito tempo são muito escassas. Então porque não relaxar? Se calhar mesmo demorar pouco tempo na primeira relação, descansar entre muitos beijos e abraços e partir depois para a segunda relação. Se aí, depois de estar já bem aliviado, já conseguir aguentar uns 10, 15 minutos, pode ficar descansado. Mais uma vez repito, porque nunca é demais. A ejaculação precoce só deve ser levada a sério se o homem nunca em circunstância alguma conseguir aguentar mais de 2 minutos depois da penetração.

É fundamental a parceira ser humana e entender bem o organismo do homem. Muitas mulheres ainda hoje pensam que os homens são máquinas, tanto na parte de aguentar o orgasmo como na parte da erecção. Muitas mulheres pensam ainda hoje que homens que ejaculam em pouco tempo são fracos fisicamente, ou mesmo egoístas que só pensam no seu próprio prazer. Nos dias de hoje, com todo o conhecimento que existe, nada de mais errado uma mulher pensar assim. Todo o homem quer dar prazer à sua parceira e não se sente bem até porque numa situação destas o homem pura e simplesmente não tem prazer. Portanto, aqui terá de haver uma postura da parte da mulher que dê confiança ao parceiro e o faça sentir bem. Nada como o fazer sentir que é um problema dos dois para resolverem a dois. Nada de dramas.

Introduza coisas na sua relação para a apimentar. Concentre-se em dar prazer à sua parceira com um vibrador ou dildo. Já pensou em comprar numa sexshop um varão de strip-tease para a sua companheira lhe fazer um show enquanto você se masturba? Mas não muito, lembre-se da dica que lhe demos anteriormente acerca da masturbação. Nada de ficar muito excitado e sensível antes de penetrar a sua parceira. Isso pode acelerar o processo da ejaculação e enviá-lo para o ponto de não retorno.

Nunca se esqueça de que comprar artigos sexuais pode ajudar a ultrapassar muitas barreiras e melhorar de forma muito positiva a sua vida sexual.